Poesia-me

Nem todos procuram o silêncio

Para nele morrer

Eu, procuro-o para sobreviver

Para ganhar vida!
Em silêncio o tempo

Consome em mim

A vida que eu trago no peito
Em silêncio
Todas as palavras são ditas
Em olhares que se beijam

Não me acordes!
Estou a sonhar-te… silenciosamente!

Ver o post original